Palavra do Pastor José Limeira

 

Deus vos abençoe amigos!

É com muita gratidão que neste dia, 06 de Abril de 2009, comemoramos o centenário da chegada da maior dádiva dos últimos dois mil anos, isto é, o nascimento de nosso precioso irmão, William Marrion Branham.
No dia seguinte de seu nascimento, uma coluna de fogo entrou pela janela e pairou sobre sua cabeça. Enquanto isso, uma pomba branca pousou no peitoril da janela da cabana e olhou curiosamente o quarto, como se estivesse procurando por algo. Quando avistou e recém nascido levantou a cabeça, arrulhou e alçou vôo.
Como seguidores de sua Mensagem, cremos que ele é o mensageiro autorizado, conforme está escrito na mensagem "A Era de Esmirna" parag. 132 e 133: (Mas para continuar. Estes eleitos não estavam nos pensamentos de Deus que deviam ser expressos em carne em sua própria estação, mas estes mesmos eleitos são chamados por outro nome. Romanos 4: 16, "Portanto é pela fé, para que seja segundo a graça, a fim de que a promessa seja firme a toda a posteridade não somente a que é da lei, mas também a que é da fé de Abraão, o qual é pai de todos nós". Romanos 9: 7-13 "Nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas, em Isaque será chamada a tua descendência. Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência. Por que a palavra da promessa é esta, por este tempo virei, e Sara terá um filho. E não somente esta, mas também Rebeca quando concebeu a um, Isaque, nosso Pai, porque não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama), foi-lhe dito a ela, o maior servirá o menor. Como está escrito, amei a Jacó e aborreci Esaú".Gálatas 3: 29 "E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa". Se segundo Romanos 4: 16 encontramos que Deus tem dado uma promessa segura a todos da descendência de Abraão, e Paulo coloca-se a si mesmo e a todos os crentes debaixo desta designação porque diz ele "Abraão o qual é pai de nós todos". Depois ele continua não somente para resumir sua definição, mas para finalizá-la porque em Gálatas 3 ele identificou a Semente (singular) com Jesus e considerou "os filhos da semente" como filhos da promessa e a promessa tendo a ver com a "eleição", ou "a escolha de Deus". E isto é exatamente o que temos falado. Estes que são da descendência Real são os eleitos de Deus; são os predestinados, os preconhecidos de Deus, e estavam na mente de Deus e em seus Pensamentos. Em uma linguagem muito clara a Verdadeira Noiva de Cristo estava na mente de Deus eternamente, embora não expressada até que cada um fosse exposto no tempo designado e decretado. Quando cada um membro apareceu tornou se Expressado e tomou seu lugar no corpo. Assim esta noiva é a literal Palavra Falada a Noiva Semente. E embora ela seja feminina em designação ela é também chamada "o Corpo de Cristo". É muito evidente que ela deve ser chamada assim porque ela foi predestinada Nele, veio da mesma fonte,era eterna com Ele, e está agora manifestando Deus em um corpo de muitos membros ao passo que Deus foi manifestado em Um Membro, o nosso próprio Senhor Jesus Cristo).
Parag. 133: (Pois bem, aqui estamos chegando a uma conclusão. Como o eterno Logos (DEUS) foi manifesto no Filho, e em Jesus habitava corporalmente toda a plenitude da Divindade, e este Ser eterno era o Pai manifesto em carne; e por esse meio ganhou o título de Filho, assim também nós, eternos em Seus pensamentos por nossa vez nos tornamos os muitos membros da Descendente Palavra Falada, manifesta em carne, e aqueles eternos pensamentos agora manifestos em carne são os filhos de Deus, assim como somos chamados. Nós não nos tornamos semente pelo renascimento, nós éramos semente e por isso renascemos porque somente os eleitos podem nascer de novo. Porque éramos semente é a razão de podermos ser vivificados. Em uma não semente não há nada para ser vivificado.)
Não temos dúvidas que a luz que chegou aqui no Brasil e se espalhou através do programa de rádio "FÉ PARA VENCER", tem sido fiel a falado somente o que o mensageiro tem falado.
Lamentavelmente as palavras de Comenius estão se cumprindo ao pé da letra aqui no nosso país. Mensagem "A Era de Sardes", parag. 46 e 47. (parag. 46: Se houve um tempo de zelo denominacional foi neste tempo trágico. As palavras de Comenius descrevem muito esta era. Comenius escreveu "uma só coisa necessária". Ele compara o mundo ao labirinto, e mostra o caminho para fora é deixando o que desnecessário e escolhendo a única coisa necessária:Cristo. O grande número de mestres, diz ele, é a razão para as multidões de seitas, para as quais mui logo já não teremos nomes deixados. Cada igreja considera a si mesma como a única verdadeira, ou pelo menos como a mais pura, como a parte mais verdadeira dela, enquanto entre si se perseguiam umas ás outras com ódio mais amargo.
Não se deve esperar nenhuma reconciliação entre eles. Eles enfrentam inimizade com inimizade irreconciliável. Eles forjaram fora da Bíblia os seus diferentes credos; estes eram suas fortalezas e baluartes e atrás dos quais eles se entrincheiravam e resistiam todos os ataques. Eu não direi que essas confissões de fé - porque podemos admitir que na maioria dos casos o eram – são ruínas em si mesmas. Elas se tornam assim, naturalmente, porque elas alimentam o fogo de inimizade; somente expulsando-as inteiramente seria possível estabelecer a obra de curar as feridas da igreja. A este labirinto de seitas e confissões várias pertence outro; o amor à disputa...O que é que obteve com ele? Tem algo sido decidido por uma contenda erudita? Nunca, Seu número tinha somente sido aumentado. Satanás é o maior sofista; ele nunca tem sido vencido em uma contenda de palavras... Nas coisas divinas as palavras dos homens são usualmente mais ouvidas do que a Palavra de Deus. Cada um tagarela como lhe agrada, ou mata o tempo aprendendo dissertação sistemática e desaprovando os pontos de vistas dos outros. Sobre novo nascimento e como o homem deve ser transformado na semelhança de Cristo para se tornar participante da Natureza Divina (II Pedro 1: 4), quase nada é dito. Do poder das chaves, a igreja tem perdido o poder de reter, somente o poder de perder tem permanecido... Os sacramentos dados como símbolos de unidade, de amor,e de nossa vida em Cristo, têm sido transformados em ocasiões de conflitos amargos, uma causa de ódio recíproco, um centro de sectarismo... Em suma a cristandade tem se tornado um labirinto. A fé tem sido subdividida em milhares de pequenas partes e você será um herético se deixar de aceitar tão somente uma delas... O que é que pode evitar isto? Somente a única coisa necessária, voltar para Cristo, olhar para Cristo como o único Líder,e andar em seus passos, deixando de lado todos os outros caminhos até que todos alcancem o alvo, e cheguemos à unidade da fé (Efésios 4: 13). Assim como o mestre celestial edificou todas as coisas na base das Escrituras assim também devemos deixar todas as particularidades de nossas confissões particulares e ficar satisfeito com a Palavra de Deus revelada que pertence a todos nós. Coma a Bíblia em nossa mão devemos clamar: Eu creio no que Deus tem revelado neste Livro; eu guardarei obedientemente os Seus mandamentos; eu espero no que Ele tem prometido. Ouçam, ó cristão! Há somente uma vida, porém a Morte chega a nós em milhares de formas diferentes. Há somente um Cristo, mas milhares de anticristos... Então tu conhecestes, ó Cristandade, qual é a única coisa necessária. Ou você volta para Cristo ou vai pára a destruição como o anticristo. Se você é sábio e deseja a vida, siga o Líder da Vida). Parag. 47 (Mas vocês, cristãos, regozijam em serem arrebatados...ouçam as palavras de seu Líder Celestial, "Vinde a Mim".. Respondam com uma voz,"Ora vem Senhor Jesus")
É por essa razão que não ficamos neutros quanto ao companheirismo.
Na mensagem "Torre de Babel" parag. 45 e 46, o profeta nos exorta a escolher de qual lado nós ficamos. Deus não aceita neutralidade em relação a coisas espirituais.
S. Mateus 6: 24, "Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom".
S. Mateus 12: 30, "Quem não é comigo é contra mim e quem comigo não ajunta espalha".
S. Lucas 11: 23, "Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha".
I Reis 18: 21, "Então Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos"? Se o Senhor é Deus, segui - o; e se Baal, segui - o.
Porém o povo lhe não respondeu nada".
Por essa razão sugerirmos as páginas de pastores que estão comprometidos com o nosso companheirismo

Pastor José Limeira de Medeiros